Minha lista de blogs

quinta-feira, 19 de maio de 2011

BIOGRAFIA= Francisca Lisboa Peralta

Professora FRANCISCA LISBOA PERALTA(nome civil) ou professora Francisca de Almeida Lisboa(nome que consta nos arquivos da Secretaria da Educação,por não ter sido apostilado o mesmo).
Era filha de Antonio Malachias de Almeida Lisboa e Carolina de Almeida Lisboa, tendo nascida em 6 de setembro de 1.892 em Capivari, Estado de São Paulo e falecida em 29 de setembro de 1.979 em São Paulo-SP.
Casou-se em 10 de novembro de 1920 com o Professor Francisco Peralta Souto, tabelião de Igarapava, São Paulo, tendo tido 3 filhas.
Sentia-se muito feliz por pertencer a uma família de professores, pois tinha primos, uma irmã, filhas e o esposo om a mesma função ( de educadores).   
Fez seus primeiros estudos em Capivari-SP, e a Escola Normal de Piracicaba, hoje EE. Sud. Menucci.
Trabalhou como professora substituta em Piracicaba e Franco da Rocha, (São Paulo), ingressando em 01 de maio de 1937 na Fazenda Monte Alto,Municipio de Pedregulho,Comarca de Igarapava,Estado de São Paulo, onde era muito admirada pelos administradores e colonos. Posteriormente, de 1921 a 1937, lecionou no Grupo Escolar de Igarapava, hoje EE Prof. Danta.
Em 1938 passou a lecionar na Escola Isolada, Agua Fria, depois em Perus, onde haviam muitas dificuldades de acesso pois haviam apenas dois bondes e dois trens( trenzinho Perus-Pirapora ou gôndola de transportes de cimento e pedras, nas quais ia junto com o maquinista.)
De 1939 a 1943 lecionou no Grupo Escolar Marechal Bittencourt, em Osasco Estado São Paulo. Em 1944 passou para o Grupo Escolar Frontino Guimaraes e de 1945 a 1951 para o grupo Escolar Eduardo Carlos Pereira, onde veio a se aposentar.
Foi educadora por amor e convicção, tendo se especializado no 2º ano Primário.
Participava de muitas promoções da comunidade como quermesses, exposições e festas em benefício da Caixa Escolar.
Em Igarapava dava aulas gratuitas de trabalhos manuais em São Paulo, aulas de reforço à alunos fracos,no próprio Grupo Escolar.
Em 1932, quando era Diretora Substituta do G.E. Ginásio Estadual de Igarapava, teve um trabalho muito ativo incentivando alunos e colegas, angariado doces e salgados que eram empacotados com a ajuda de outras professoras e enviados para os combatentes paulistas que estavam de atalaia na Ponte do Rio Grande, na divisa de Minas Gerais com Sâo Paulo.
Participou da Campanha "DEI OURO PARA O BEM DE SÃO PAULO" e da Campanha "DOS CAPACETES PARA OS COMBATENTES".
Jamais teve preconceito de cor, raça ou religião, tratando a todos com igualdade e respeito.
Votou em todas as eleições, até a ultima em 1978.Gostava de estar bem atualizada em relação à política,  social e econômica do país,exercendo plenamente seus direitos de cidadania.  

Um comentário: